Pular para o conteúdo

Notícias Notícias

Voltar

CLAS de Vila Verde deu pareceres favoráveis para a criação da várias unidades de apoio social na área da deficiência e da doença mental

O Conselho Local de Ação Social (CLAS) do concelho de Vila Verde reuniu hoje, 9 de junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, onde aprovou os pedidos de parecer do Centro Social do Homem, para as seguintes respostas: Unidade Sociocupacional – USO – Casa da Citânia; Residência de Apoio Moderado – Casa da Citânia; Lar Residencial – Quinta do Senhor; ERPI (Estrutura Residencial para Idosos) e Centro de Dia - Casa da Alegria; Equipa de Apoio Domiciliário em Saúde Mental (EAD) – Casa da Citânia; COHOUSING – Habitação Colaborativa – Quinta do Senhor.

Também foi aprovado o pedido de parecer para a criação de um CAFAP - Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental, solicitado pela ADOL - Associação Domingos Oliveira Lopes.

A reunião foi presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, António Vilela, e contou com a presença da Vereadora da Ação Social, Júlia Fernandes, e de representantes das várias instituições de solidariedade social, escolas, Juntas de Freguesia e Conferências Vicentinas, entre outras.

Em relação aos pareceres pedidos pelo Centro Social do Vale do Homem o presidente da autarquia vilaverdense referiu “que se tratam de excelentes respostas para o concelho, que vem ao encontro a várias necessidades sentidas no terreno e que proporcionarão melhores condições de vida às pessoas portadoras de deficiência mental e às suas famílias.”

Na reunião também foi apresentado o Relatório de Execução das Atividades desenvolvidas pelo CLDS-4G de Vila Verde.

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vila Verde apresentou o diagnóstico concelhio infantojuvenil e a proposta do Plano Local de Promoção e Proteção das Crianças e Jovens. Esta entidade informou ainda, que no dia 24 de maio, o Agrupamentos de Escolas de Prado e de Vila Verde e Escola Secundária receberam a distinção de SELO PROTETOR, atribuído pela CNPDPC (). Esta distinção resulta do reconhecimento destas entidades como impulsionadoras de políticas públicas, plasmadas no seu Projeto Educativo, e práticas promotoras da proteção e promoção dos Direitos da Crianças e dos Jovens. A EPATV já teve este reconhecimento em edição anterior.

No final dos trabalhos o edil, António Vilela, agradeceu a todas as instituições presentes o incansável trabalho que desenvolvem durante todo o ano junto dos vilaverdenses, das pessoas com maior vulnerabilidade social, nomeadamente idosos, portadoras de deficiência, crianças, jovens e suas famílias.

Municipio de Vila Verde, 9.6.2021

 

GALERIA FOTOGRÁFICA


concursos de admissão de trabalhadores

Covid-19 Informação

 Facebook  Issuu  YouTube  Instagram  Newsletter - Juntos Fazemos Vila Verde

                    

Presidência Presidência

COVID-19 - “NUNCA COMO AGORA PRECISAMOS DE SI” - Mensagem do Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde

Caras(os) Vilaverdenses,   Enfrentamos, nesta altura, uma segunda vaga da pandemia COVID-19 que está a ter um impacto muito preocupante na saúde de um número crescente de pessoas e reflexos bastante graves na situação económica e social do país. Começo por manifestar a minha...

Documentos recentes Documentos recentes

FICHA TÉCNICA

Gestão, Conceção e design gráfico
Unidade de Sistemas de Informação e Unidade de Inovação e Conhecimento

M;anutenção, edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde

 Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

O Municipio de Vila Verde, na sequência do exercício de funções de interesse público e exercício da autoridade pública, está profundamente empenhado na implementação de processos que recolham e tratem os dados pessoais adequados, pertinentes e limitados ao que é necessário relativamente às finalidades, cumprindo com os princípios de licitude, lealdade, transparência e minimização.

Adicionalmente, são implementadas, e continuamente avaliadas, medidas técnicas e organizativas consideradas adequadas à salvaguarda da informação mantida sob responsabilidade do Município. Os dados pessoais recolhidos serão conservados pelo tempo estritamente necessário, seja para cumprimento de prazo certo expressamente fixado por Lei ou outro proporcional e adequado ao objetivo da recolha.

Os titulares dos dados pessoais, tratados sob responsabilidade do Municipio, podem exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, apagamento, limitação e portabilidade, nas situações aplicáveis, por meio de requerimento específico. Existe um Encarregado de Proteção de Dados designado, que pode ser contactado através do email dpo@cm-vilaverde.pt, ou via postal dirigido ao mesmo e endereçado para a morada Praça do Município 40, 4730-728 Vila Verde.

Para mais informações consulte a nossa  Política de Privacidade.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.