Pular para o conteúdo
 Facebook  Flickr  Issuu  YouTube  Instagram  Newsletter - Juntos Fazemos Vila Verde

    

 

Notícias Notícias

Voltar

DIA INTERNACIONAL DA MULHER - Tecnologias no Feminino procurou destacar as mulheres de sucesso na sociedade atual

Tecnologias no Feminino foi o evento do Município de Vila Verde, promovido pela Casa do Conhecimento, no dia 8 de março, para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

A manhã foi propícia a reflexões sobre questões de igualdade de género, um princípio fundamental da Constituição da República Portuguesa, sobre a presença das mulheres no mercado de trabalho, nomeadamente nas funções, cargos e setores em que desempenham a sua atividade profissional.

 

 Mundo da Informática no Feminino

O evento contou com a participação de Mariana Silva, aluna do curso de Engenharia Informática e Computação, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com a comunicação Mundo da Informática no Feminino. Sempre em tom desafiante, explicou que suas escolhas e os seus interesses, se centraram na área da tecnologia dado o seu forte impacto na sociedade, pretendendo ela dar o seu contributo para uma sociedade que está em permanente evolução. Procurou sensibilizar todas as jovens a definirem o seu percurso profissional na área das tecnologias, se essa fosse efetivamente a sua vontade. Considera o medo um fator impeditivo de fazer boas escolhas e entende que o “sucesso acontece quando se sai da zona de conforto”. Acrescentou, que a “tecnologia é para quem a entende e não para quem é Homem ou Mulher”. A área da tecnologia teve e tem grandes contributos prestados por mulheres, mas esses são pouco referenciados e do conhecimento público, por isso há cada vez mais a necessidade de criar um espaço visível para as mulheres, para que o seu trabalho seja igualmente distinguido.

 

Profissão? Programadora! 

Foi a apresentação da Drª Rita Maia e Silva, Programadora Informática. Começou por mencionar que o seu interesse pela tecnologia surgiu logo na infância, dada a sua curiosidade e também por ter a tecnologia muito presente no seu ambiente familiar. Muitas das suas brincadeiras de infância aconteceram em torno do computador a utilizar vários programas, nomeadamente de escrita, que permitiam uma certa criatividade. As suas escolhas como estudante tiveram sempre a tecnologia no seu horizonte, e reforça dizendo que “percebi que o mundo da programação me fascinava e era mesmo aquilo que eu queria fazer!” A sua vida profissional desenvolve-se na área que escolheu e em que sempre acreditou. Acrescenta que “foi intimidante chegar à empresa e ter uma equipa predominantemente masculina, só com mais um elemento feminino. Mas a integração foi fantástica porque fui vista como mais um elemento que iria contribuir com o seu trabalho”. Terminou com palavras de incentivo, dizendo que “ser mulher não é impeditivo, não deve condicionar as nossas escolhas profissionais, o nosso sucesso é construído por nós, pelo que fazemos e não pelo nosso género!”

 

As Políticas Públicas na área Igualdade de Género

A presença da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género foi destaca com a comunicação, As Políticas Públicas na área Igualdade de Género, pela Drª Rosa Oliveira, representante da CIG, que começou por enunciar que “a sociedade é composta por pessoas com todas as suas diferenças, mas iguais na sua essência e nos seus direitos”. Contrapôs com alguns dados estatísticos que demonstram muita desigualdade em várias situações, como na diferença salarial entre homens e mulheres, no acesso limitado de mulheres a cargos de chefia, à violência excessiva a que muitas mulheres estão expostas, entre muitos exemplos. Salientou, que “há, apenas, profissões” e que estas não são específicas de nenhum género em particular, é necessário contrariar a tendência de que as mulheres têm mais orientação para determinadas áreas, como por exemplo a área social. Terminou referindo que “para que haja mudança é necessário um esforço de todos nós”.

 

As questões de igualdade de género

À Vereadora da Educação Cultura e Ação social e Conselheira para a Igualdade no Município de Vila Verde, Drª Júlia Fernandes, coube a ponderação do exposto durante a manhã. Começou por agradecer a presença de todos e enaltecer a participação dos oradores deixando expresso que os seus contributos foram fundamentais para as questões de igualdade de género. Os testemunhos na primeira pessoa das duas jovens oradoras da área da tecnologia, foram na sua opinião um incentivo de destaque para as jovens do público. Prossegue dizendo “ temos de ter orgulho nas nossas vontades, no que queremos ser e fazer! As dificuldades surgem, mas o importante é a nossa vontade, seguir o que nos realiza e o que nos faz feliz!” Finalizou as considerações sobre a manhã, alertando para a necessidade de o caminho para a igualdade necessitar da colaboração e apoio de todos, que o fundamental é não desistir, pois a persistência é um grande contributo para a luta dos direitos da mulher.

Município de Vila Verde, 08.03.2019

 

 

 


Bem-vindo Bem-vindo

A Internet é o principal veículo de comunicação de que as pessoas se servem, no seu dia-a-dia, em todo o mundo, tanto na sua vida pessoal como no desempenho da atividade profissional. Todas as organizações modernas têm nos seus sites uma janela aberta ao mundo e uma plataforma de comunicação e de interação com o seu público-alvo. Estaremos sempre abertos à inovação e recetivos a sugestões que nos ajudem a continuar a construir um Concelho próspero onde todos gostem de viver e se realizem profissionalmente.            

 

Comunicação de Queimas e Queimadas                     Vila Verde Incentiva +

FICHA TÉCNICA

Conceção geral, design gráfico e execução técnica
Unidade de Inovação e Conhecimento, Unidade de Sistemas de Informação

Edição e manutenção
Serviços do Município de Vila Verde

 Agradece-se a comunicação de qualquer anomalia técnica ou outro tipo de dificuldade relacionada com a utilização do site. Para o efeito, envie email para helpdesk@cm-vilaverde.pt.
Este projeto foi cofinanciado pelo projeto Cávado Digital MAIS (POVT)

PROTEÇÃO DE DADOS

Apenas deve fornecer os dados pessoais necessários para a prestação do serviço solicitado, nomeadamente para ser capaz de aceder a qualquer um dos serviços no sítio que possuam gestão de processos especificos dependentes do utilizador.
Estes dados serão incorporados nos arquivos correspondentes no Município de Vila Verde e serão tratados em conformidade com o regulamento estabelecido por lei.
Os dados recolhidos apenas serão objeto de transferência, sempre que apropriado, com o consentimento da pessoa em questão ou em conformidade com a referida legislação de protecção de dados.
As pessoas cujos dados pessoais, contidos nos ficheiros do Município de Vila Verde, podem exercer os seus direitos de acesso, rectificação, cancelamento e oposição, na forma prevista pela lei, antes do envio para o arquivo .
Consulte Política de Privacidade do Município.

AVISO LEGAL

O Município de Vila Verde, através de seu portal na Web fornece informações de interesse geral do concelho de Vila Verde, em especial, a informação e os esforços da organização municipal. A informação fornecida é atual no momento da sua publicação.
O Município de Vila Verde pretende que esta informação seja exata e precisa e procede à sua atualização com a maior frequência possível, tentando evitar erros e corrigi-los, assim que os deteta. No entanto, o Município de Vila Verde não pode garantir a ausência de erros ou que o conteúdo da informação seja permanentemente atualizado.
O Município de Vila Verde pode levar a cabo a qualquer momento e sem aviso prévio, modificações, supressões ou alterações das informações publicadas ou ser capaz de alterar a configuração ou a apresentação.
O acesso ao portal da Web, bem como a utilização das informações que ele contém, são da exclusiva responsabilidade do utilizador. O Município de Vila Verde não é responsável por quaisquer danos que possam decorrer destes factos, nem pode garantir que o acesso não seja interrompido, ou que o conteúdo ou software acedido esteja livre de erros ou causa de dano.
As informações prestadas em resposta a qualquer pergunta ou pedido de informação são meramente indicativas e em nenhum caso será vinculativa para a resolução de procedimentos administrativos, que são estritamente sujeitos às normas legais ou regulamentares que sejam aplicáveis.
Os conteúdos publicados incluem links para páginas de terceiros, web sites, principalmente de outras entidades públicas, que são considerados como podendo ser de interesse para os utilizadores do Portal. O Município de Vila Verde não assume qualquer responsabilidade derivada das ligações ou do conteúdo desses links.